sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

outono em lisboa



8 comentários:

Gi disse...

Tiraste no mesmo sítio que eu!
Neste jardim sente-se mesmo o Outono, não é?

Tozé Franco disse...

Belíssimas fotografias.
Parabéns.

Vieira Calado disse...

Muito interessante a versão que apresenta nos comentários de
Por Montes e Vales.

Não conhecia.

Aproveito ao ensejo para lhe desejar

BOM NATAL

O Profeta disse...

Sabia apenas que era um pequenino naquela longa noite
No celeste um luminoso sorriso me chamava
Lançou-me aos olhos raios de deslumbrante luz
Era a minha prenda, uma brilhante…Estrela Alva…



Um Mágico Natal para ti querida amiga que ao longo deste ano me visitaste. Que a Estrela Alva te ilumine neste Natal.






Mágico beijo

Bento disse...

Entrei nos seus dois blogs pelo Duro das lamentações...Os ares da sua graça ...são...uma paleta de cores, texturas e palvras que, conceptualmente mantêm um equilíbrio sóbrio...fiquei fascinado...vou ficar aqui sentado...aqui neste banco de jardim...tá a ver?...

mariam disse...

Outono, ainda! fascinada estou.... por momentos, neste nocturno fiquei numa quietude contemplativa... ouvindo esta música fantástica também... hoje estava a precisar disto.... acredita!

gracias!
sorrisos :)

JOAO MARIA disse...

Um jardim que me deixou tantas e boas recordaçoes.Já ouve o tempo em que apenas havia pombos de leque brancos, e muitos.já lá vai o tempo.
Um ano cheio de coisas boas para ti , e sempre querida nos comentarios no blog do meu joninhas.Obrigado
Joao

Nina disse...

Eu amo outono e suas cores incríveis!